Primeira edição do Wellfood consolida o evento como o summit que guiará as indústrias no desenvolvimento de novos produtos saudáveis e funcionais


Ao longo de dois dias, mais de 1500 profissionais das indústrias de alimentos, bebidas e nutracêuticos participaram dos congressos e viram de perto as soluções dos principais players nacionais e internacionais da área de ingredientes

A primeira edição do Wellfood Ingredients, único summit totalmente dedicado ao mercado de ingredientes funcionais e saudáveis para a indústria alimentícia e nutracêutica do país, superou as expectativas de organizadores e participantes. Entre 30 e 31 de outubro, mais de 1500 profissionais da indústria circularam pelos corredores do Centro de Exposições Pro Magno, em São Paulo, e não esconderam a satisfação: elogiaram a organização do evento, as soluções apresentadas pelas empresas participantes e o alto nível das palestras e debates realizados ao longo dos dois dias da feira. Entre os expositores, a euforia foi a mesma. Os representantes de grandes companhias brasileiras e estrangeiras, como Nestlé, Rhodia, Bauducco, BRF, Arcor, Aché, Coca-Cola, Ajinomoto, Sakura, entre outras, deixaram muitos comentários otimistas com relação ao alto nível do networking qualificado realizado.

“O Wellfood foi um grande sucesso”, comemora Cassiano Facchinetti, Diretor Geral da Koelnmesse, organizadora do evento. “Recebemos apenas feedbacks positivos, tanto em termos de conteúdo das palestras quanto da qualidade da visitação. Além do mais, atraímos indústrias de todos os portes, desde as grandes multinacionais até as que estão buscando o seu espaço no mercado. Posso dizer que o evento deu o primeiro passo para se consolidar como o summit que guiará as indústrias para o desenvolvimento de novos produtos”, afirma.

O primeiro dia foi marcado pelas palestras de alta qualidade. No Congresso, representantes de empresas e de centros de pesquisa trouxeram vários insights sobre o mercado global de ingredientes saudáveis para a indústria alimentícia, dando aos participantes a chance de vislumbrar uma vasta gama de possibilidades para guiar os seus negócios nos próximos anos.

A plateia, formada principalmente por engenheiros de alimentos, nutricionistas, profissionais de marketing e dirigentes de companhias do setor, também teve a oportunidade de presenciar um encontro inédito no país com os presidentes de quatro importantes associações do setor: ABIAD (alimentos para fins especiais), ABIR (refrigerantes e bebidas não alcoólicas), ABIS (sorvetes) e ABIMAPI (panificação e massas), além do presidente do ITAL (Instituto de Tecnologia de Alimentos), Luis Madi. Eles debateram publicamente questões envolvendo as dificuldades e oportunidades.

A visão internacional veio com a apresentação de Steve Walton, presidente da HealthFocus International, com uma descrição detalhada do consumidor brasileiro, muitas vezes em comparação a outros países, traçada com base em pesquisas do instituto. Entre os destaques, lembrou o quanto as pessoas no país têm uma relação próxima com a sua dieta, preocupando-se constantemente em manter o peso. O dia também marcou a apresentação de cases por gigantes internacionais do segmento. Mondelez, Unilever, Nestlé e Herbalife trouxeram alguns estudos de casos que servem de inspiração para todo o mercado.

No segundo dia, o congresso continuou forte, com os palestrantes trazendo detalhes sobre uma série de ingredientes que prometem ditar as tendências do mercado nos próximos anos. A novidade foi que a sessão de palestras ganhou a parceria do sétimo fórum BHB. Organizado pela consultoria Equilibrium, o evento paralelo ocorrido concomitantemente ao Wellfood apresentou inúmeras possibilidades de crescimento dentro do mercado.

Foi justamente o conteúdo educativo das palestras que atraiu um público diversificado e focado à feira, algo que chamou a atenção dos expositores. “O Wellfood atendeu às nossas expectativas. Aqui encontramos pessoas com foco no mercado, o que vem fazendo do evento uma verdadeira vitrine para os nossos produtos”, afirma Régis Inácio, Marketing Manager da Vogler. “Realizamos muitos primeiros contatos com um público qualificado, formado por tomadores de decisão”, diz Philippe Grojean, Gerente Comercial da Doremus. A mesma percepção foi compartilhada por Daniea Rosenberg, Gerente Comercial da Ayalla. “Queríamos encontrar clientes-chave e formadores de opinião. Para isso, o evento está sendo perfeito”, afirma.

Já Léia Pipulini, da Gelita, destaca que a feira “proporcionou um espaço onde podemos mostrar todos os diferenciais de nossos produtos, principalmente os peptídeos de colágeno, frente à concorrência. Fernando Garcia Nunes, Marketing & Product Manager da BASF, salienta a importância do evento como um todo. “É muito importante que haja feiras focadas como essa”, diz. Segundo ele, o impacto positivo do congresso foi outro fator relevante. Gerson Leme, Presidente da Sensient, revelou enorme satisfação pelo que viu. “A proposta de realizar um evento não comercial, focado em tecnologia, foi um dos diferenciais. Somados a isso estão o modelo de dois dias e as conferências, que trouxeram temas atuais para todo o mercado”, afirma.

Os visitantes também mostraram satisfação com o que viram. “O Wellfood Ingredients foi a minha primeira oportunidade de visitar um evento totalmente focado em ingredientes saudáveis”, declara Hermano Rezende, do setor de Pesquisa & Desenvolvimento da Bauducco. “No Congresso, encontrei opções de matérias-primas e ingredientes para o desenvolvimento de produtos mais próximos do consumidor final e alinhados com as principais tendências do mercado. Os temas relevantes e atuais agregaram bastante conhecimento para mim”, afirma.

Para a Gerente Comercial da Rhodia, Stella Cintra, o encontro “é muito rico para o mercado de nutrientes e está interessante porque dá oportunidades para as empresas apresentarem as suas soluções da melhor forma”. Ela também elogiou a organização do evento, marcada pelos estandes padronizados. A responsável pela área de Pesquisa e Desenvolvimento da indústria de nutricosméticos APUS, Cícera Monteiro, celebrou a oportunidade de realizar bons contatos com empresas do segmento e conhecer de perto produtos de alta qualidade. “Ainda pude fazer bons contatos entre os presentes”, afirma. Andrea Perdiza Von Tol, vendedora da Prozyn Biosolution, elogiou a organização do evento. “Viemos em busca de novidades no mercado de suplementos enzimáticos e fomos surpreendidas com as empresas mais conhecidas do setor e também com companhias que que ainda não conhecíamos”, diz.

A boa recepção e o sucesso dos congressos dão a certeza que a Koelnmesse precisava para assegurar que está no caminho certo. Por isso mesmo, a organizadora já anunciou a realização da segunda edição do Wellfood Ingredients, prevista para 2019. “Os visitantes podem esperar um evento ainda melhor, sem perder a essência de dar ao mercado brasileiro aquilo que ele precisa para estreitar laços, se fortalecer e crescer”, diz Facchinetti.

 

Desenvolvido por KYU design gráfico