MAPA, ABIEC e ABPA debatem na TecnoCarne oportunidades do setor de processamento animal

 


Entidades participam do primeiro dia da TecnoCarne, nesta terça (6/8), no São Paulo Expo

Começa nesta terça (6/8) a 14ª edição da TecnoCarne, feira referência do setor da indústria de processamento da América Latina, que vai até quinta (8/8), no São Paulo Expo. O evento, que já é conhecido pelo setor por apresentar aos visitantes os principais lançamentos em equipamentos e tecnologias, nesta edição, conta com mais de 30 horas de conteúdo direcionados ao conhecimento sobre o mercado.

Pela primeira vez a feira sedia o Fórum TecnoCarne, onde serão promovidas, nos dois primeiros dias, palestras e debates sobre temas de destaque nos mercados nacional e internacional.

“O Fórum TecnoCarne será um espaço para que os representantes das principais indústrias do setor de processamento de carne e de entidades nacionais se encontrem e possam, de maneira democrática, debater as oportunidades e desafios da atividade, além de conhecer as tendências para o crescimento da cadeia brasileira”, afirma o diretor do evento, Hermano Pinto.

O primeiro dia será dedicado a palestras que evidenciarão as perspectivas de expansão dos mercados para carnes bovina, suína e de frango. Entre os nomes de destaque que estarão no Fórum está o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, José Guilherme Tollstadius Leala, a diretora executiva da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne – ABIEC, Liège Vergili Nogueira, o International General manager da Aurora Alimentos,  Dilvo Casagranda, o diretor executivo da Associação Brasileira de Proteína Animal- ABPA, Ricardo João Santin, o representante da Diretoria Agropecuária da Seara, José Antônio Ribas Júnior e a diretora de Inspeção de Produtos de Origem Animal – DIPOA, Ana Lucia de Paula Viana.

No segundo dia do Fórum os participantes poderão conferir palestras mais direcionadas à apresentação de conceitos, sistemas e formas de adaptar as empresas para a implantação do conceito de Indústria 4.0. A programação conta com a participação de Antônio Melo Alvarenga, presidente da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA); Fernanda Moura, diretora de planejamento e gestão da Qualidade da BRF; Lucrecia Urízar, Business Development manager da NSF International; Sylnei Santos, especialista em Microbiologia de Alimentos e Membro da Associação Brasileira de Proteína Animal – ABPA e Prof. Antonio Carlos Cabral, coordenador do curso de Engenharia de Produção e da Pós-Graduação em Engenharia do Instituto Mauá de Tecnologia.

“Nosso Fórum terá também a presença de altos executivos da indústria de processamento, que participarão como ouvintes e também apresentando cases práticos de sucesso, que servirão como norte para a tomada de decisões a favor do setor”, enfatiza o diretor da TecnoCarne.

A palestras iniciam às 9h e a programação completa do Fórum TecnoCarne está disponível em https://www.tecnocarne.com.br/pt/forum-tecnocarne/Programacao.html.

As inscrições podem ser feitas antecipadamente pelo site do evento www.tecnocarne.com.br.

Ciclo de palestras

Seguindo com a programação de conteúdo aos visitantes, a TecnoCarne conta ainda com o Ciclo de Palestras, um espaço dedicado a difundir e promover a troca de informações entre os elos do setor, por meio de apresentações gratuitas, promovidas em paralelo à programação da feira.

A programação, que tem início às 14h, segue nos três dia do evento com temas de relevância para o mercado, como “Hormônio no frango – mito a ser desmistificado”, “Como o Brasil pode liderar o emergente mercado de carne bovina Kosher e Halal na Europa”, “Certificações na cadeia produtiva de frangos de corte”, “Determinação da vida útil em carne bovina in natura”, “Higienização e transgênicos, o que já sabemos?” e “Higienização e desinfecção da indústria e equipamentos”, entre outros.

Para participar do Ciclo de Palestras os interessados devem se dirigir ao local, no interior da feira, antes do início de cada apresentação. O acesso é livre até a capacidade limite do auditório.

A programação completa pode ser conhecida em https://www.tecnocarne.com.br/pt/ciclo-de-palestras-2019.html.

Novidades e tecnologias

Durante os três dias, diferentes elos da cadeia de proteína animal poderão conhecer tendências e lançamentos, além de participar de debates e acompanhar palestras sobre temas de relevância para a cadeia produtiva de carne bovina, suína, aves e de peixes.

Para a edição deste ano espera-se a visita de mais de 15 mil pessoas, entre representantes da indústria frigorífica, varejista, atacadista, distribuidor, indústria processadora de alimentos, abatedouros e agronegócios, provenientes de 25 países. A expectativa é que a TecnoCarne movimente um montante de R$ 10 milhões na rodada de negócios, ação que será promovida novamente em paralelo à feira.

Serão mais de 100 marcas nacionais e internacionais de segmentos que abrangem toda a cadeia produtiva de proteína animal: ingredientes e aditivos, embalagens e tripas, refrigeração, logística, produtos e serviços, rastreabilidade, softwares, paletes, transporte e armazenagem, tratamento de efluentes e higienização, máquinas, equipamentos e acessórios, automação industrial e comercial, e reciclagem de subprodutos de origem animal.

Canal de informação

Desde 2017, a TecnoCarne conta com seu Canal Digital, que oferece durante todo o ano conteúdo exclusivo e gratuito sobre assuntos de relevância para o mercado de processamento de proteína animal. Acesse o Canal Digital TecnoCarne https://digital.tecnocarne.com.br/.

 Fonte: Assessoria de Imprensa

 

Desenvolvido por KYU design gráfico