Food Tech Hub Br reúne líderes da cadeia de alimentos para discutir futuro sustentável do setor

 

Food Tech Hub Br reúne líderes da cadeia de alimentos para discutir futuro sustentável do setor

 Evento online World Food Day no dia 16 de outubro contará com a participação de grandes nomes do mercado, como Rafael Zavala (FAO), Daniel Balaban (World Food Program), Embaixador Carlos Cozendey (OCDE), Fernando Camargo (MAPA), dentre outros

O FoodTech Hub Br, ecossistema  que reúne empresas, universidades e institutos de pesquisa, foodtech startups, venture capital e órgãos governamentais e não governamentais, com objetivo de fomentar a inovação nos sistemas alimentares por meio de investimentos em food techs e inovação aberta, promove,  no dia 16 de outubro, o evento online World Food Day Brasil.

Com patrocínio da Bayer e apoio da ABIA (Associação Brasileira da Indústria de Alimentos), o evento vai abordar o tema “Sistemas Alimentares Sustentáveis Para Uma Geração Sem Fome” e contará com a participação de diversas lideranças do mercado. Os painéis trarão discussões sobre mudanças climáticas e carbono zero, produção sustentável de alimentos e biodiversidade, dietas saudáveis e indústria e consumo sustentáveis.

A abertura do evento contará com nomes de destaque como Marc Reichardt, CEO do Grupo Bayer Brasil; Rafael Zavala, Representante da FAO no Brasil; Marcos Galvão, Embaixador do Brasil junto à União Europeia; e Paulo Estivallet de Mesquita, Embaixador do Brasil na China.

“No Brasil e América Latina, essa discussão é especialmente importante devido ao papel da região na segurança alimentar. Criamos esse fórum de discussões com o objetivo de endereçar essas questões a serem debatidas pelas lideranças e entender como os atores estão concretamente agindo nessa transformação”, explica Paulo Silveira, idealizador do FoodTech Hub Br.

De acordo com as últimas projeções da Organização das Nações Unidas (ONU), a população mundial aumentará de 7,8 bilhões para 9,1 bilhões em 2050. Já segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura  (FAO), para conseguir acompanhar esse crescimento, a produção mundial de alimentos deve ser ampliada em cerca de 70%, o que pode trazer impactos significativos ao planeta.

“A busca por dietas mais nutritivas e uma produção de alimentos cada vez mais sustentável e a garantia da segurança alimentar, acelera a discussão de transformação nos sistemas alimentares com uma produção de alimentos que preserve a biodiversidade e o meio ambiente ao mesmo tempo que promova a saúde e o bem-estar. O Brasil está entre os maiores produtores e exportadores de grãos e proteína do mundo e entendemos que precisamos agregar mais valor na cadeia, do campo à mesa”, afirma Silveira.

“A segurança alimentar e as mudanças climáticas são dois dos desafios mais críticos que a sociedade enfrenta hoje. A agricultura se encontra na interseção dessas questões importantes. Na Bayer, temos o compromisso de atender de forma sustentável às necessidades de alimentação e nutrição para uma população e um planeta saudáveis. Temos orgulho de ser um parceiro que ajuda a encontrar uma solução”, salienta Cristiane Lourenço, líder de Relações Institucionais de Alimento e Nutrição da divisão agrícola da Bayer para a América Latina.

O encontro que tem seis painéis terá participações como do Fernando Silveira, Secretário de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação MAPA; Daniel Silva Balaban, Diretor e Representante do Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos no Brasil; Eduardo Bastos, Diretor de Sustentabilidade para América Latina Bayer CropScience; Christian Fischer, Representante da IICA no Brasil; Fernanda de Oliveira Martins, Gerente de Saúde e Nutrição para América Latina na Unilever; Carlos Cozendey, Embaixador Representante do Brasil na OCDE; Alexandre Novachi, Diretor de Assuntos Regulatórios e Científicos ABIA; entre outros.

Alimento e tecnologia

Criado por Paulo Silveira em 2018, o Food Tech Hub Br vem se consolidando como referência no desenvolvimento de um dos melhores ecossistemas de inovação em alimentos do mundo. Os seis principais pilares de interesse são Produtos, Processos e Tecnologia, Food Service, Embalagens Inteligentes, Desperdício de Alimentos e Segurança dos Alimentos.

“Queremos ajudar a desenvolver a inovação focada em tecnologias disruptivas para a produção de alimentos saudáveis, nutritivos, equilibrados e saborosos. Hoje temos um consumidor mais informado e preocupado com o corpo e a mente”, destaca Silveira.

Segundo o UBS em seu relatório de 2019, chamado FOOD REVOLUTION, o mercado de inovação de novos alimentos irá atingir um valor global de aproximadamente USD 700 bilhões em 2030. De acordo com a agência de pesquisas Euromonitor Internacional, atualmente, o Brasil ocupa a quinta posição no ranking de países quando se trata do consumo de alimentos saudáveis. O país conta com várias foodtechs atuando nas mais diversas áreas, desde soluções de gestão para os atores da cadeia de food service, até novos modelos de delivery e de negócios que giram em torno da alimentação saudável.

 

SOBRE O FOODTECH HUB BR

Criado em 2018, o FoodTech Hub Br  é um ecossistema  que reúne empresas, universidades e institutos de pesquisa, foodtech startups, venture capital e órgãos governamentais e não governamentais, com objetivo de fomentar a inovação nos sistemas alimentares através de investimentos em food techs e inovação aberta. O FoodTech Hub Br tem como objetivo capitalizar, mentorizar e modelar empresas disruptivas na cadeia de alimentos.

SOBRE A BAYER

A Bayer é uma empresa global focada em Ciências da Vida nas áreas de saúde e nutrição. Seus produtos e serviços são desenvolvidos para beneficiar pessoas apoiando-as para superar os maiores desafios apresentados pelo crescimento e envelhecimento populacional. Além disso, a companhia visa criar valor por meio da inovação e crescimento. A Bayer é comprometida com os princípios do desenvolvimento sustentável e a marca Bayer representa confiança, credibilidade e qualidade ao redor do mundo. No ano fiscal de 2019, com cerca de 104 mil colaboradores, obteve vendas de € 43.5 bilhões. Os investimentos totalizaram € 2,9 bilhões e as despesas com Pesquisa & Desenvolvimento somaram € 5,3 bilhões. Para mais informações, acesse www.bayer.com.br.

MAIS INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA

FirstCom Comunicação (https://firstcom.com.br)

Luis Claudio Allan (luisclaudio@firstcom.com.br)

Janaina Cavalheiri (janaina@firstcom.com.br)

Eduardo Mustafa (mustafa@firstcom.com.br) – (11) 9 9982-2337

Desenvolvido por KYU design gráfico