BRF e Emerge buscam cientistas com projeto na área de alimentos que desejam empreender

 


Grupos selecionados terão a oportunidade de receber mentoria de como aplicar sua pesquisa junto ao mercado

 

Para acelerar ainda mais a inovação dos seus processos, a BRF, uma das maiores empresas de alimentos do mundo, em parceria com a Emerge, organização que impulsiona a inovação de base científica no Brasil, lança a primeira edição do “EMERGE Labs BRF”, um desafio voltado especialmente ao público acadêmico. O objetivo é encontrar soluções para desperdício e segurança de alimentos.

 

Sem custo de adesão e equity free para pesquisadores ou centros acadêmicos, serão selecionados até 16 projetos de autores brasileiros que tenham tecnologias desenvolvidas a partir de pesquisas científicas. As inscrições são nacionais e acontecem até o dia 6 de dezembro pelo site www.emerge.org.br

 

“Promover a inovação, seja para resolver desafios atuais ou atender às novas necessidades dos consumidores, envolve juntar ciência, tecnologia e conhecimento. E quando pensamos em inovação na indústria de alimentos, é uma grande oportunidade de mudar o dia a dia de milhões de pessoas. Com a distribuição, presença e relevância das marcas da BRF podemos fazer algo ainda maior”, comenta Sergio Pinto, diretor de inovação da BRF.

 

“O EMERGE Labs BRF é um programa desenvolvido especialmente para cientistas que querem levar sua tecnologia do laboratório até o mercado, gerando impacto e receita. Nosso grande objetivo é proporcionar uma profunda experiência em inovação para essas equipes, auxiliando-as a desenvolver produtos em torno de seus projetos científicos focados em atender demandas de mercado”, complementa Lucas Delgado, Diretor da Emerge.

 

Após a fase de inscrições, os participantes pré-selecionados passarão por avaliação e entrevistas. Os ganhadores passam a integrar o programa em janeiro, com encontros online e presenciais, em São Paulo, até março de 2020, além de mentoria constante. Todos os custos durante o programa são de responsabilidade dos participantes.

 

Sobre o programa

Serão selecionados até 16 projetos, com equipes entre dois e cinco pessoas, sendo que ao menos um dos integrantes precisa ser cientista ou pesquisador. Serão aceitos todos os níveis de especialização: graduação, mestrado, doutorado ou professor universitário. Donos e gestores de empresa com formação acadêmica também podem se candidatar.

 

Durante a mentoria presencial, serão abordados temas como:

- Relacionamento Ciência Mercado & Avaliação de Tecnologia

- Modelagem de Produto

- Propriedade Intelectual & Regulatório

- Formação de Time & Modelagem de Pitch

 

Para saber mais, acesse: http://emerge.org.br/emergelabs-brf

 

Desenvolvido por KYU design gráfico