DSM doa US$ 1 milhão para programa global de nutrição

A DSM, líder no fornecimento de ingredientes funcionais para as indústrias de alimentação animal e humana no Brasil, doou US$ 1 milhão para o World Food Programme (WFP), órgão vinculado à Organização das Nações Unidas (ONU). Os recursos serão utilizados para combater a deficiência de micronutrientes na Ásia, por meio da fortificação do arroz. O anúncio foi feito pelo CEO da DSM, Feike Sijbesma, em uma sessão sobre nutrição durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos.

Populações de baixa renda que dependem do arroz como alimento básico muitas vezes apresentam altos níveis de desnutrição e deficiências de micronutrientes, o que, além de ameaçar a saúde dos indivíduos, representa um risco ao desenvolvimento econômico das nações. O objetivo da DSM e do WFP é melhorar a nutrição de quatro milhões de pessoas em diversos países do sudeste asiático.

A atuação da DSM inclui também a doação de NutriRice, composto de micronutrientes essenciais distribuído em sachês, que pode ser misturado ao arroz sem alterar a cor nem o sabor do alimento. De acordo com o CEO da DSM, Feike Sijbesma, “ao unir forças e focar em soluções eficazes e sustentáveis​​, podemos fazer uma diferença real no combate às deficiências de micronutrientes e melhorar a vida de muitas pessoas”.

O World Food Programme (WFP) opera em várias frentes, porém o seu principal objetivo é melhorar a qualidade nutricional das populações mais carentes do mundo. Segundo o diretor executivo do WFP, Josette Sheeran, “estamos orgulhosos por ter a oportunidade de trabalhar com um parceiro inovador e engajado na luta contra a fome, que atinge quase um bilhão de pessoas. É necessário aproveitar o conhecimento do setor privado para fornecer alimento certo e no momento adequado às nações vulneráveis ​“.

Sobre a parceria WFP e DSM

“Improving Nutrition, Improving Lives” é o slogan da parceria entre WFP e DSM, que existe desde 2007 e já ajudou a melhorar a vida de mais de 10 milhões de pessoas por meio de programas inovadores que combatem a desnutrição. O objetivo do convênio é proporcionar qualidade nutricional para pelo menos 80% dos beneficiários do WFP. Além do apoio financeiro direto e da doação de micronutrientes, a DSM contribui com a expertise e as inovações do setor privado.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Desenvolvido por KYU design gráfico